Categoria

Alimentação

Categoria

Antes das provas existem uma série de procedimentos que faço religiosamente, não por superstição, mas sim como uma “obrigação” para que tudo corra dentro do que está planeado. Uma destas ‘regras’ é a fase de carga. Esta fase consiste no aumento da ingestão de hidratos de carbono de qualidade: banana, batata doce, aveia, vegetais e frutas frescas são um bom exemplo.

Quando eu era criança não gostava do Outono. Esta época marcava o fim das férias, o regresso às aulas e dos dias mais curtos, que eram chatos e cinzentos. Quando os dias de chuva chegavam, os fim-de-semana eram passados dentro de casa ou em casa dos avós, que viviam no campo.

Nesses dias no campo, com sorte, e se o tempo permitisse, ia com o meu avô aos terrenos para apanhar a fruta típica da época. Eram nozes, castanhas e maçãs. Ainda me lembro do cheiro dos sacos recheados de maçãs, misturadas com as nozes, que chocalhavam conforme o ritmo do andamento que ditava o regresso a casa. Nesses dias, a minha avó, com boa mão para a cozinha e ‘professora’ do neto ‘à volta das panelas’, fazia maçãs assadas para comermos depois da sopa ou do caldo ‘do campo’, que eram servidos ao jantar. Enfim, boas recordações…

Correr nos trilhos não é fácil. Nunca pensei, nem nunca me venderam como se fosse, mas também nunca imaginei toda a sua complexidade, dificuldades e todas as coisas imprevisíveis que podem acontecer quando menos se espera! 

Nos últimos tempos tenho aprendido bastante, por vezes de maneira mais ‘ortodoxa’, como muitos de vocês sabem. Nesta aprendizagem, as dificuldades foram sempre as mesmas, encontrar um equilíbrio entre o esforço e a alimentação durante as provas.

A preparação de cada prova ou treino, seja de corrida de estrada ou trail, é importante para potenciar o desempenho durante a mesma. Esta preparação deve ser feita em vários níveis e em várias fases, mas tendo como foco principal a alimentação pré-prova.

Nesta parte da alimentação e preparação, muitos se esquecem da importância dos líquidos e da qualidade dos mesmos, já que nem tudo que mata a sede é saudável e recomendado.

O vício das corridas
na tua caixa de e-mail

Subscreve e recebe todas as novidades do blogue.

Obrigado!

Algo está mal...