Do famoso e trapalhão ‘Inspector Gadget’, passando pelo engenhoso e atlético Ethan Hunt e sem esquecer rápido e fantástico Usain Bolt, todos eles têm uma coisa em comum: estão constantemente a correr contra o tempo, munidos com os melhores gadgets!

Cada um com o seu estilo e diferentes objectivos, todos nós que corremos na estrada e nos trilhos, temos a vontade de conseguir chegar o mais longe possível, ultrapassando as “barreiras” invisíveis dos recordes anteriores. Para conseguir atingir as metas e melhorar o desempenho eficazmente, a melhor solução são os dispositivos que calculem distância/tempo com boa precisão. 

Actualmente os smartphones têm um papel importante neste desenvolvimento e democratização da corrida, mas são os relógios com GPS que, de uma forma eficiente, ajudam a “correr contra tempo”.

Eu estou no meu segundo relógio e estou super satisfeito. No início corria com um relógio GPS básico, que servia na perfeição para quem não se preocupa com os pormenores. Actualmente as coisas estão num nível diferentes, por isso tenho um ‘super-relógio’, o Garmin Fenix 3 Sapphire.

Quais são as vantagens de ter um bom relógio de corrida?

Melhor Desempenho

Ter um relógio com GPS não significa que todos os recordes vão ser batidos. Mas acreditem que ajuda. Com a avaliação do ritmo ao mesmo tempo que vamos tendo a noção da distância percorrida, conseguimos ter ideia se estamos a puxar, manter ou abrandar. Com uma análise no momento e outra mais cuidada depois do treino, conseguimos ver onde se comentem os “erros” que devem ser emendados nos treinos seguintes. 

Criar treinos específicos

Uma das vantagens do Garmin Fenix 3 (outros relógios da marca também permitem) é a criação de treinos específicos. Uma das grandes dificuldades que tinha com o meu relógio antigo era criar um treino HIIT (tens aqui o exemplo do treino que queria colocar no relógio), com os tempos que pretendia. Com o Garmin consegui fazer isto facilmente, através da plataforma online Garmin Connect. Agora não preciso olhar para o visor, a cada mudança de intensidade o alarme e a vibração dão o sinal no tempo certo.

Mais leve e mais preciso que um smartphone

Os corredores mais minimalista não gostam de levar muita coisa. Eu faço parte deste “grupo” de pessoas, por isso tenho preferência por um relógio. Quando comecei, levava o meu smartphone no bolso. Era um calhamaço que balançava de um lado para outro, algo que dificultava durante os treinos. 

Outra das vantagens é a diferença da precisão do GPS dos relógios em comparação com os smartphones. As antenas são melhores, com mais qualidade e com uma captação superior e mais fiável, sem recurso a dados móveis.

Funções Únicas

Nos relógios com GPS encontras funções únicas, dedicadas para diferentes tipos de desportos. As mais populares são de Corrida, Natação e Ciclismo. Nos Fenix tens uma quantidade enorme de desportos: SUP, Escalada, Golfe, Snowboard, etc…

 

Dados e estatísticas

Esta é das especificações que eu mais gostos. Os dados e estatísticas fornecem valores importantes para serem analisados. Nem todos os atletas amadores tomam em atenção a este tipo de informação, mas acreditem, vale mesmo a pena. Se têm um monitor da Garmin, que serve para medir a frequência cardíaca entre outros dados de corrida, consegues ter uma série de dados interessantes do teu desempenho. Desde o tempo de contacto com o solo até à inclinação do corpo, todas estas métricas são importantes para melhorar pequenos pormenores.

 

Este artigo não foi patrocinado. 



Autor

O Runner Anónimo é um blog sobre corridas e histórias pessoais de um desportista amador que vive na ilha da Madeira.

O vício das corridas
na tua caixa de e-mail

Subscreve e recebe todas as novidades do blogue.

Obrigado!

Algo está mal...