A desejada chegada da Decatlhon ao Funchal abriu um novo mundo de oportunidades e escolhas para os desportistas em geral. Para os amantes das corridas a abertura desta loja trouxe uma lufada de ar fresco, não só pela quantidade e variedade de produtos mas também pela relação preço e qualidade, algo que é muito difícil encontrar.

Parte do material que utilizo para os treinos e provas é da Kalenji. Mesmo não tendo cá a loja, quando eu, ou amigos se deslocavam até território continental, pedia para comprar meias, calções entre outros artigos da Kalenji. Com tanto equipamento que já utilizei desta marca, nunca me tinha aventurado no calçado. E não era por estar “longe”, já que a maior parte do calçado de corrida que compro é pela internet. 

Aproveitando a proximidade, e depois de ler várias reviews e a recomendação por parte da responsável de corrida da loja do Funchal, adquiri estes amarelinhos para os meus pés.

3, 2, 1… Está na hora dos testes!

Estas Kalenji Kiprun LD, na versão de 2017, são umas sapatilhas dedicadas para as longas distâncias, tal como indica as iniciais LD. Com um drop de 10mm, estas sapatilhas oferecem um excelente amortecimento para treinos ou corridas mais longas e atletas mais pesados. O sistema K-Ring, um exclusivo da marca francesa, é o responsável pela absorção do impacto na zona do calcanhar, sob a forma de um anel. O espaço vazio ao centro permite dispersar a onda de impacto, oferecendo este amortecimento, o qual aprecio bastante e, as coloca ao lado de outras boas sapatilhas do género. As suas 344g, no tamanho 44, demonstram que são um  ‘peso-pesado’ das corridas. Eu já não estava habituado a este peso, mas compreendo que tudo isto se deve por causa da mistura de borrachas e da sua estrutura mais robusta.

Desde que as adquiri, e antes de começar a escrever este texto, fiz 45 km com elas, em vários treinos longos e curtos, com velocidades compreendidas entre os 4m30s – 5m00s / quilómetro. Como devem imaginar, devido ao seu peso, não é fácil andar mais rápido. Estes valores de referência são dados pela marca como tempos ideais para uma boa performance. Nos vários treinos que fiz tentei ir mais rápido, mas como a marca indica, estão feitas para correr entre os 12/ 13km por hora. 

Depois de correr com estas fiquei com vontade de experimentar as Kalenji Kiprun SD, por serem mais rápidas e mais leves que estas.

Conforto

Achei as sapatilhas muito confortáveis. Para além do amortecimento, os materiais utilizados oferecem um bom ajuste ao pé, desde o calcanhar que encaixa na perfeição e mantém-se fixo, bem como o espaço para os dedos, que é largo o suficiente, principalmente para quem tem os pés mais achatados como os meus. O upper é agradável, com uma grande área com mesh, algo que gosto numa sapatilha, já que permite uma boa entrada de ar e flexibilidade do pé durante a corrida. A língua é larga, mas não o suficiente. Num dos treinos senti-a a fugir para um lado, deixando o pé exposto ao material mais rígido da parte superior da sapatilha. 

Como aspecto menos positivo no conforto, aponto dois pormenores importantes: a dureza da sola nos primeiros treinos e o aquecimento da palmilha. Os primeiros treinos podem ser mais complicados para quem está habituado a uma sola mais mole, no entanto após 20 quilómetros a sola ficou menos dura e mais flexível. O aquecimento da palmilha é uma realidade que se pode conviver no inverno, mas penso que no verão e com as temperaturas altas do alcatrão deve ser mais complicado.

Estabilidade

Bastante estáveis e com boa resposta, as Kiprun LD foram construídas para quem precisa de apoio na passada. O seu sistema K-Only torna as LD compatíveis com todo o tipo de passadas, juntamente com a peça Arkstab, que assegura uma melhor estabilidade do calçado. Ainda nesta parte, só senti dificuldades em mudanças de direção com curvas muito acentuadas, onde a parte da frente da sapatilha perde, um pouco, o seu equilíbrio. A sua sola é boa e responde bem no piso molhado.

Resumo

As Kalenji Kiprun LD são umas sapatilhas para todos os corredores, sejam eles mais ou menos experientes. Com uma boa construção, bons materiais e com um conforto acima da média, esta sapatilha é boa para treinar com qualidade. Como as iniciais LD (Long Distance) indicam, são feitas para médias / longas distâncias e treinos prolongados. Aconselho para quem treina diariamente e precisa de um bom suporte. Com elas, não tenho dores nas costas nem bolhas de água. 

O seu preço é acessível para todas as carteiras. Na loja do Funchal, em Saldos, comprei por 28€. No site da Decatlhon custam 35€, um preço bastante amigável tendo em conta toda a tecnologia e qualidade que oferece. 

Nota: este artigo não foi patrocinado. Toda a informação técnica presente neste artigo foi feita com base nas informações disponíveis no site da marca.

Kalenji Kiprun LD

35€
Kalenji Kiprun LD
7.7

Conforto

7.0 /10

Amortecimento

8.5 /10

Estabilidade

7.5 /10

Prós

  • Bom Amortecimento
  • Boa Estabilidade
  • Preço Excelente

Contras

  • Aquece na Zona da Palmilha
  • São um pouco pesadas
  • Língua Estreita
Autor

O Runner Anónimo é um blog sobre corridas e histórias pessoais de um desportista amador que vive na ilha da Madeira.

O vício das corridas
na tua caixa de e-mail

Subscreve e recebe todas as novidades do blogue.

Obrigado!

Algo está mal...