MIUT – O Paraíso do Trail

O trail running na Madeira está cada vez melhor e recomenda-se. Para quem viu ou participou no MIUT – Madeira Island Ultra Trail, sabe do que estou a falar.

Eu não gosto de estar a queixar-me, mas esta foi uma daquelas provas que queria fazer e não consegui. Na altura em que estavam abertas as inscrições eu tinha planos para fazer a Maratona de Roma, algo que queria muito, ainda mais que este ano em que celebrava o 50.º aniversário. Infelizmente, por várias razões, não consegui.  Quando tomei esta decisão, as inscrições para os 40 Km do MIUT já estavam encerradas!

Depois disto decidi que ia assistir e dar umas palmas aos amigos, conhecidos e desconhecidos.

No sábado de manhã, acompanhado com o João e o Duarte, acompanhei a prova principal no Curral das Freiras e na parte final da zona do Pico Ruivo / Pico do Areeiro, onde consegui apanhar os primeiros do MIUT e da Marathon (que passaram no Pico do Areeiro). Ainda bem que fui!

É incrível e motivador ver tantos homens e mulheres a quererem dar tudo o que têm, para conseguir atingir uma única e grande meta que parece praticamente impossível para a “máquina” humana. Eles conseguem mostrar que não existem desafios impossíveis. São horas e horas de corrida, num esforço interminável e com um único foco, chegar ao fim! Muitos correm concentrados, sem nenhum tipo de reacção emocional aparente e com um olhar tão distante, apontado como uma flecha para um alvo que quase não se consegue ver no horizonte. A isto chamo concentração em estado puro, algo que só se consegue ver em pessoas super motivadas, lutadoras e mentalizadas em atingir os seus objectivos.

Agora e cada vez mais, percebo que os grandes atletas não são só feitos de músculos e capacidades físicas.

Enquanto assistia estas partes da prova fiquei impressionado e super entusiasmado com tanta força sobre-humana. Estes atletas são mais do que duas pernas e um corpo talhado para competir. São feitos de histórias, grandes esforços e dias de treino onde eles mesmos abdicam de muitas coisas que nos fazem falta e são importantes.

São estas pessoas que tornam as provas especiais. Por isso mesmo, por serem especiais, o MIUT é considerado uma grande prova.

Pelo que vi, o evento esteve muito bem organizado e pensado ao pormenor para os participantes e amantes do Trail Running. Com certeza que ao longo dos anos este será um dos principais, se não o principal cartaz desportivo da região. Com milhares de entusiastas nas serras e trilhos da região, apoiando amigos, familiares e vedetas que vão passando nesta grande prova.

Foi uma bela manhã de sábado!

 

Escrito por Runner Anónimo
O Runner Anónimo é um blog sobre corridas e histórias pessoais de um desportista amador que vive na ilha da Madeira.