Tag

perda de peso

Browsing

Eu sei que vou repetir esta história várias vezes, mas como devem perceber é algo de que orgulho muito!

17 de Outubro de 2014 é um dia para recordar e celebrar durante toda a minha vida!

Hoje faz quatro anos que aventurei-me a correr. Tudo isto aconteceu durante a minha dieta de perda de 50kg (se não conheces a história podes ler aqui e aqui). Recordo-me do dia como se fosse hoje. Foi numa manhã fria de Outono, junto ao mar, na Avenida do Mar no Funchal, local onde muitos madeirenses/funchalenses fazem as suas corridas e jogging habitual.

Eu era assim…

Quantas vezes sentiste que estavas ‘incapacitado’, menos integrado ou desmotivado por não conseguires fazer o mesmo que muitos amigos, familiares e atletas que admiras e acompanhas fazem?

É uma condição dura!

Todos os dias, como um simples ser humano na sua rotina diária, olhava para o espelho da casa de banho e via uma “imagem falsa”, criada pela minha própria cabeça, de forma a suavizar um estilo de vida que era completamente insustentável!

No passado dia 17 de Outubro fez um ano que comecei a correr, cheio de vontade e motivado com uma perda de peso que estava perto do fim. Durante o texto vão perceber como comecei nas corridas…

Continuando a minha história sobre a perda dos 45kg (a primeira parte está aqui), vou contar-vos tudo como perdi esta “imensidão de preocupações” que me impediam ter uma boa saúde.

Se há 2 anos me perguntassem se ambicionava entrar numa meia-maratona eu respondia rapidamente… Não!

Como já devem ter percebido pelo título e publicações anteriores, eu nem sempre tive um estilo de vida saudável. Desde a alimentação ao exercício físico, tudo era esquecido e posto de parte.

De uma forma rápida e resumida foi este o resultado: apneia do sono e 124,5kg de problemas!

Confuso? Vou começar a história do início.

O vício das corridas
na tua caixa de e-mail

Subscreve e recebe todas as novidades do blogue.

Obrigado!

Algo está mal...