Tag

slider

Browsing

Eu sei que vou repetir esta história várias vezes, mas como devem perceber é algo de que orgulho muito!

17 de Outubro de 2014 é um dia para recordar e celebrar durante toda a minha vida!

Hoje faz quatro anos que aventurei-me a correr. Tudo isto aconteceu durante a minha dieta de perda de 50kg (se não conheces a história podes ler aqui e aqui). Recordo-me do dia como se fosse hoje. Foi numa manhã fria de Outono, junto ao mar, na Avenida do Mar no Funchal, local onde muitos madeirenses/funchalenses fazem as suas corridas e jogging habitual.

Santana.

Terra do pão, das montanhas, da natureza deslumbrante e das casas que promovem a ilha da Madeira por todo o Mundo.  Popularmente conhecida como a terra dos “Bragados”, desde o tempo da sua povoação foi uma terra apetecida e visitada pelos burgueses e a mais alta nobreza portuguesa. Passados quase 500 anos da sua fundação, Santana é cada vez mais desejada e amada por uma outra “realeza”, que deseja trilhar e correr numa das melhores provas do Tour Mundial de Skyrunning, o USM – Ultra Skymarathon Madeira.

Correr longas distâncias custam os ‘olhos da cara’, as unhas do pé, todas as gotas de suor; cada milímetro, centímetro, metro e quilómetro. Cada passo tem um valor, cada vez que inspiras numa subida sai algo de ti, em cada gole que dás no flask ou em cada barra que comes estás sempre a gastar algo.

Tudo tem um custo, mas vale todas as moedas e todo o esforço e dedicação que aplicaste!

Minha querida e amada prova.

Eu nunca escrevi uma carta de amor. Mas tu mereces!

Foram meses a pensar, a sonhar incessantemente de forma louca e desenfreada nas linhas e caminhos que te definem e te tornaram uma das melhores. O desejo de explorar-te era grande e a vontade de trilhar as linhas sinuosas da silhueta do teu desnível era intensa.

Comer bio. Cada vez mais ouvimos familiares e amigos que estão mais conscientes de como comem e sobre aquilo que comem. Eu sou um daqueles que fala, promove e tenta praticar uma vida e alimentação saudável, adoptando uma vertente mais limpa e biológica. Há malta que já deve estar a pensar, “Este tem a mania. Outra vez com a conversa do saudável”.  Calma, não quero ser fundamentalista!

O vício das corridas
na tua caixa de e-mail

Subscreve e recebe todas as novidades do blogue.

Obrigado!

Algo está mal...